sábado, 4 de maio de 2019

Cidade Verde fará demissão em massa, afirmam rodoviários


O Blog Conquista recebeu a informações de rodoviários da empresa Cidade Verde dizendo que a mesma anunciou que até o final deste mês deve demitir cerca de 330 funcionários. O motivo seria a desistência de operar, em caráter emergencial, o lote 1, que antes era da Viação Vitória.

Desde o mês passado a Cidade Verde emitiu um Ofício informando à Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista que não mais iria operar nas linhas do lote 01. A CV alega ser insustentável financeiramente a continuidade dos serviços, em face da concorrência desleal do transporte clandestino, em especial o feito pelos vanzeiros, De acordo com a Viação Cidade Verde, a condição fundamental para que a empresa aceitasse assumir emergencialmente o lote da Viação Vitória, era o compromisso da Prefeitura de Conquista de coibir com extrema rigidez as vans que atuassem nas linhas que o edital garante pertencerem às empresas licitadas.

Uma vez que a PMVC, segundo afirma a Cidade Verde, não cumpriu sua parte no acordo no que diz respeito a fiscalização do transporte clandestino, a CV alega que isso faz com que a mesma automaticamente se desobrigue de também manter o compromisso de continuar a operar o lote 01.

Entramos em contato com o diretor da Cidade Verde em Vitória da Conquista, Sérgio Hubner, para confirmar se realmente haverão as demissões. O empresário disse ser uma “consequência lógica”.

Nossa reportagem vai continuar acompanhando o desdobramento da situação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário